Como ser “hackado” no Facebook

Artigo do Panda Labs onde é referido os vários aspectos de como um utilizador da maior rede social do mundo – Facebook, pode ter a sua conta comprometida.
Phishing, aplicações do Facebook maliciosas, são algumas das principais armas do crime online e que se propagam por supostas redes de confiança.

Achaste interessante? Partilha!
    Analista de segurança web com vários anos de experiência. Fundador do projeto WebSegura.net. Reconhecido publicamente, por divulgação de vulnerabilidades, por empresas como a Google, Adobe, eBay, Microsoft, Yahoo, Panda Security, AVG, Kaspersky, McAfee, Hootsuite e outros. Colabora regularmente com a comunicação social em temas relacionados com a segurança de informação.

    Que tal participar com o seu comentário?