Coreia do Sul: Ataques contra ‘sites’ de ministérios

Na Lusa:

A Coreia do Sul lançou hoje um alerta à segurança informática depois de ataques lançados contra “sites” na Internet de quatro dezenas de ministérios ou agências governamentais, noticiou a AFP, citando a Comissão Coreana de Comunicações (KCC).De acordo com a AhnLab, sociedade privada especializada na segurança da Internet, entre os “sites” atacados figuram os da presidência, Estado-Maior das Forças Armadas, ministérios dos Negócios Estrangeiros, Defesa e da Unificação, serviços de informações, dos impostos e do parlamento.

O porta-voz da KCC confirmou estas informações.

O ataque foi lançado pelas 10:00 locais (01:00 em Lisboa).

A intensidade dos ataque ainda não foi determinado mas alguns “sites” ficaram novamente acessíveis cerca de uma hora depois do início dos ataque.

Em julho de 2009, um ataque informático maciço bloqueou 25 “sites” oficiais na Coreia do Sul e nos Estados Unidos, incluindo o Departamento de Estado, a Casa Branca e o Pentágono.

Na altura, o chefe dos serviços secretos sul-coreanos acusou o Ministério das Telecomunicações da Coreia do Norte, mas a investigação nada provou.

Achaste interessante? Partilha!
    Analista de segurança web com vários anos de experiência. Fundador do projeto WebSegura.net. Reconhecido publicamente, por divulgação de vulnerabilidades, por empresas como a Google, Adobe, eBay, Microsoft, Yahoo, Panda Security, AVG, Kaspersky, McAfee, Hootsuite e outros. Colabora regularmente com a comunicação social em temas relacionados com a segurança de informação.

    Que tal participar com o seu comentário?