Google admite ter acedido a e-mails completos e passwords

No Sol:

A Google admitiu que as viaturas utilizadas para captar as imagens do Street View recolheram mais dados do que inicialmente previsto, incluindo mensagens de e-mail completas e passwords. A admissão da recolha da informação, que a empresa realça que sucedeu de forma acidental, surge poucos dias depois das autoridades da privacidade canadianas terem acusado a Google de ter recolhido mensagens de e-mail completas, o que representa uma violação das leis do país.

O mea culpa é feito num post publicado no blogue oficial do motor de busca, onde o Vice President of Engineering and Research da companhia analisa alguns dos resultados de investigações entretanto levadas a cabo em vários países onde o serviço está debaixo de fogo.

Segundo Alan Eustace «é claro ver que a partir destas investigações a maioria dos dados estão fragmentados, mas em alguns casos foram recolhidas mensagens e URLs completos, assim como passwords».

Apesar de não haverem dados completos, a Google já tinha admitido em Maio que tinham sido capturados acidentalmente cerca de 600 GB de informação em mais de 30 países, num período entre 2006 e meados deste ano.

Na mesma mensagem Alan Eustace revela que a informação em causa será apagada o mais brevemente possível, algo que já aconteceu nos seis países onde as investigações sobre a violação de privacidade já terminaram.

Mas ainda havia alguém que não soubesse ou desconfiasse do sniffing do Google?

Achaste interessante? Partilha!
    Analista de segurança web com vários anos de experiência. Fundador do projeto WebSegura.net. Reconhecido publicamente, por divulgação de vulnerabilidades, por empresas como a Google, Adobe, eBay, Microsoft, Yahoo, Panda Security, AVG, Kaspersky, McAfee, Hootsuite e outros. Colabora regularmente com a comunicação social em temas relacionados com a segurança de informação.

    Que tal participar com o seu comentário?