Polícia Judiciária alerta utilizadores de redes sociais

No Tek Sapo:

A Polícia Judiciária emitiu um alerta dando conta de um esquema fraudulento que tem vindo a afectar utilizadores de serviços de mensagens instantâneas e redes sociais nos últimos dias. O esquema parte do roubo de identidade online para tentar aplicar uma burla.

O destinatário do golpe recebe um contacto na rede social ou no chat (serviço de mensagens instantâneas) de parte de alguém que supostamente conhece. No contacto, o emissor da mensagem – que usa a identificação habitual do conhecido da potencial vítima – afirma ter perdido os contactos telefónicos ou o telemóvel para justificar o facto de usar aquele meio para fazer o pedido que se segue. O pedido que tem a fazer é de dinheiro, normalmente uma quantia pequena, que segundo a Polícia Judiciária se fixa entre os 30 e os 80 euros.

Achaste interessante? Partilha!
    Analista de segurança web com vários anos de experiência. Fundador do projeto WebSegura.net. Reconhecido publicamente, por divulgação de vulnerabilidades, por empresas como a Google, Adobe, eBay, Microsoft, Yahoo, Panda Security, AVG, Kaspersky, McAfee, Hootsuite e outros. Colabora regularmente com a comunicação social em temas relacionados com a segurança de informação.

    Que tal participar com o seu comentário?