Sites falsos e e-mails fraudulentos tentam atrair adeptos de futebol

No jornal Sol:

O alerta é feito por diversas empresas especializadas em segurança informática, que afirmam já ter detectado milhões de ameaças relacionadas com o Mundial da África do Sul.

Segundo avança o The Times, os tipos de ameaças são variados e vão desde a venda de bilhetes falsos até à reserva de quartos de hotel.

Para tal os cibercriminosos recorrem também às tácticas do costume: e-mails de spam com links para roubo de dados pessoais e falsos sites.

Um dos casos mais graves foi identificado pela Symantec, que descobriu uma rede botnets utilizada apenas para enviar spam alusivo à competição.

Comparando com a última edição do Mundial de Futebol, realizada em 2006, a empresa já registou um aumento de ameaças identificadas na ordem dos 40 por cento, incluindo mensagens em nome da Fundação Nelson Mandela sobre um suposto concurso que oferece bilhetes para os jogos.

Achaste interessante? Partilha!
    Analista de segurança web com vários anos de experiência. Fundador do projeto WebSegura.net. Reconhecido publicamente, por divulgação de vulnerabilidades, por empresas como a Google, Adobe, eBay, Microsoft, Yahoo, Panda Security, AVG, Kaspersky, McAfee, Hootsuite e outros. Colabora regularmente com a comunicação social em temas relacionados com a segurança de informação.

    Que tal participar com o seu comentário?