Todos os posts tagados dados pessoais

Vazam na web dados pessoais de quase toda a população de Israel

No IDG Now!:

Os dados pessoais de mais de 9 milhões de israelenses (mais do que a população atual do país, 7,8 milhões) estão disponíveis na Internet, de acordo com informações dos sites Fast Company e ZD Net. De acordo com a ILITA (Autoridade em Tecnologia, Informação e Leis de Israel), o vazamento dos dados aconteceu em 2006 – assim, muitos referem-se a pessoas que ja morreram, além de registros duplicados.

As informações das pessoas incluem relações familiares, endereços, data de nascimento, números de identificação pessoal (como RG, por exemplo) e informações de saúde detalhadas de cada pessoa, além de dados sobre as datas de nascimento dos pais de centenas de milhares de israelenses adotados (crianças inclusas).

(…)

Anonymous vaza dados da Monsanto e promete segredos sobre líderes empresariais

No IDG Now!:

O coletivo hacker Anonymous postou nomes, endereços, números de telefone e endereços de e-mail de funcionários da Monsanto, e promete uma ação contra a Exxon Mobil, ConocoPhillips, Oil Sands do Canadá, Imperial Oil, o Banco Real da Escócia e outros.

No caso da Monsanto, o grupo postou informações sobre 2.500 empregados e afiliados da empresa e afirma ter derrubado sites corporativos e servidores de correio, de acordo com blog Naked Security, da Sophos.

(…)

UE investirá 13,5 milhões de euros em proteção de dados pessoais

No IDG Now!:

Centrado em privacidade e segurança, projeto ABC4Trust terá duração de quatro anos.

A União Europeia vai investir 13,5 milhões de euros no projeto ABC4Trust, cujo objetivo é desenvolver sistemas capazes de ajudar as pessoas a protegerem as suas informações pessoais digitais, ao mesmo tempo que as compartilham com os amigos.

Centrado em aspectos de privacidade e segurança, o projeto terá duração de quatro anos. Iniciado em 2010, dois testes-piloto estão em andamento na Grécia e na Suécia, usando um sistema que combina tecnologias de gestão de identidade da IBM, Microsoft e Nokia Siemens Networks.

Na Suécia, o sistema será implantado em uma escola secundária em Norrtullskolan. O sistema de identidade permitirá aos alunos e aos pais autenticarem-se em serviços médicos e de aconselhamento oferecidos pela escola.

O outro teste será realizado no Academic Computer Technology Research Institute, na Grécia. E também por uma instituição de ensino. Os alunos serão capazes de votar para classificar os cursos e docentes, sem revelar sua identidade.

O ABC4Trust beneficiará do Identity Mixer, da IBM, e a tecnologia U-Proof da Microsoft, que serão combinadas utilizando outras tecnologias da Nokia Siemens Networks Research.

Em tempo: ABC é a sigla para “attribute-based credentials”, ou seja credenciais baseadas em atributos, e tem a ver com a possibilidade de os utilizadores fornecerem as informações mínimas necessária para se autenticarem a serviços digitais. Por exemplo, em vez de mostrarem a data de aniversário inteira com um documento de identidade, o cidadão seria capaz de mostrar apenas que é maior de idade.