Todos os posts tagados standvirtual

Evite fraudes no OLX com o Google

Evite fraudes no OLX com o Google

OLX, Standvirtual, Coisas, Custojusto, entre outros… são alguns dos sites que apresentam anúncios e contactos fraudulentos todos os dias. Por muito que as empresas responsáveis por estes portais tentem combater este crime online, os utilizadores maliciosos aproveitam-se quase sempre da fragilidade e desconhecimento das vítimas.

Tendo em conta um exemplo real de uma fraude no OLX, que me foi reportado por um utilizador do WebSegura, é possível obter algumas pistas sobre a veracidade de um anúncio ou contacto.

Uma das melhores opções é a utilização das Imagens do Google – https://images.google.com – para tentar encontrar imagens iguais ou semelhantes. Desta forma é possível verificar se a imagem já foi utilizada noutros esquemas; se foi retirada de outro site; se pertence a um banco de imagens…
No Google Chrome, é muito simples de efectuar esta operação. Basta posicionar o cursor do rato sobre a imagem e pressionar o botão direito do mesmo. Clique na opção Pesquisar esta imagem no Google.

Para os utilizadores de outros browsers, podem optar por copiar o URL da imagem e colar no https://images.google.com.

Existe uma alternativa, já presente nas ferramentas online de segurança, ao site das Imagens do Google – https://www.tineye.com/. É uma boa escolha e oferecem um plugin para o Mozilla Firefox.

Dependendo do anúncio, também poderão usar o Google Maps e o Google Street View para verificar moradas e ruas. Pode ser importante antes de fechar um negócio.

Voltando ao caso de estudo do OLX…
Um utilizador intitulado de Olivier, entrou em contacto via telemóvel com o nosso utilizador do WebSegura (vamos chamá-lo de Sr. W) mostrando interesse num automóvel divulgado num anúncio do OLX. O Olivier mencionou, num inglês muito fraco, que pretendia adquirir o automóvel mas este teria de ser entregue na Nigéria. O pagamento seria processado via Paypal e o Sr. W teria de enviar toda a documentação legal do carro. Nesta conversa surge também o pagamento de uma taxa de transporte de 400€ que também seria pago por Paypal. O Sr. W rejeitou prontamente e o Olivier tentou então convencê-lo que iria então recolher o carro e ele próprio faria o transporte. O Sr. W pediu-lhe então informação pessoal juntamente com uma foto:

Nome: Olivier Souza
Cidade: Ibadan
País: Nigeria
Código Postal: 23402

O Sr. W desistiu do negócio porque achava a informação muito estranha. O Olivier tentou ligar mais uma dúzia de vezes, desistindo passado algum tempo.

Utilizando a técnica que referi no início do artigo, pesquisando a foto do Olivier Souza, encontramos várias referências chegando à conclusão que este utilizador malicioso roubou a foto e atribuiu uma nova identidade.

Aliás, utilizando a pesquisa do Google, o nome Olivier é um dos mais populares por estes utilizadores maliciosos nestes esquemas fraudulentos. Existem relatos na web, em que o Olivier já efectua esquemas no OLX desde 2010.

Utilizar o motor de busca do Google para averiguar textos, imagens ou mapas pode ser uma ferramenta perfeita para evitar fraudes online. São muitos os comentários em diversos artigos de segurança no WebSegura onde utilizadores encontraram referência a burlas no Google e leram o artigo.

Se foi vítima de uma esquema no OLX ou quer contar a sua experiência com uma história semelhante, comente e deixe a sua mensagem. Desta forma poderá estar ajuda o próximo.

Fraude através do Standvirtual

O Standvirtual é, segundo a informação da empresa, o maior site de comercialização de automóveis usados em Portugal.
O site é desenvolvido e gerido pela empresa FixeAds – Serviços de Internet S.A.

O Nuno Filipe Teodoro enviou-me um artigo  interessante (que pode ser consultado aqui) onde demonstra a utilização de uma fraude utilizando este portal.

A técnica utilizada para enganar utilizadores é muito comum neste tipo de fraudes.
O utilizador malicioso tenta cativar os visitantes do portal a contacta-lo utilizando preços atractivos de automóveis de qualidade.
Após o contacto, o utilizador malicioso informa que o automóvel não está em Portugal mas em Inglaterra e que para uma transacção segura para ambas as partes, o interessado deverá pagar um depósito-caução à empresa Cargo & Freight Limited – supostamente responsável pelo transporte do automóvel para Portugal, tal como a própria legalização do processo de aquisição.

Mesmo que não exista qualquer troca de fundos, o utilizador malicioso tenta sempre que a vítima lhe envie documentos identificativos, tal como Bilhete de Identidade ou Número de Identificação Fiscal. Provavelmente para posterior roubo de identidade.

Segundo consta no artigo do Nuno, esta fraude dura há mais de 3 anos. Provavelmente já foram muitas as vítimas deste esquema.

As autoridades foram contactadas e o anúncio em questão já não está disponível.

Espero que com esta referência aqui no blogue, este tipo de situações infelizes tenham uma taxa de sucesso bem menor.

UPDATE:

O Standvirtual tem uma página exclusivamente com dicas e prevenções contra este tipo de fraudes.