Todos os posts tagados 4chan

Ataques Pro-WikiLeaks tão fáceis como clicar num botão

A Wired publicou um artigo que demonstra a facilidade dos inúmeros DDoS a favor da campanha WikiLeaks.
Segundo o artigo, nem é necessário fazer o download de qualquer aplicação.

Diversos grupos, entre eles o 4chan, disponibilizaram aplicações web que lançam esses ataques organizados apenas escolhendo o alvo e clicando num botão.

Recentemente, estes ataques tem prejudicado os websites da Visa, Mastercard, Amazon e Paypal, criticadas por terem impedido, de alguma forma, o bom funcionamento do projecto WikiLeaks.

Protestos do futuro serão anónimos?

No DN:

Durante vários dias de Setembro, um grupo de anónimos atacou vários sites Web de entidades protectoras dos direitos de autor. Os ataques foram uma retaliação após se saber que algumas delas usaram uma empresa indiana para desencadear ataques de DDoS contra sites de partilha ilegal de filmes.

Os DDoS são ataques distribuídos de negação de serviço – táctica conhecida de “bombardear” um determinado site com elevados pedidos de acessos que, por falta de capacidade de largura de banda e do servidor onde está albergado esse site, acabam por o “deitar abaixo” e ficar inacessível.

Nas últimas semanas, esta táctica foi usada na “Operation Payback”. Dinamizada pelos utilizadores do fórum 4chan, visou, inicialmente, os sites da Motion Picture Association of America e da Recording Industry Association of America, respectivamente as organizações de protecção dos direitos de filmes e de música nos Estados Unidos.

(…)

Os elementos do 4chan usaram uma táctica semelhante para ripostar contra apoiantes do direito de autor. A partir da execução do programa Low Orbit Ion Cannons (LOIC), de fácil uso mas enorme potencial nos ataques DDoS, lançaram a “Operation Payback”, que rapidamente se propagou a outros sites.

(…)