Todos os posts tagados nos

Aumento da largura de banda, aumenta força dos DDoS

Créditos da foto: http://threatpost.com/

Com o aumento da largura de banda por parte dos ISPs aos utilizadores, impacto dos ataques DDoS também aumentam. Esta situação, derivada em grande parte do desconhecimento por parte dos utilizadores de protegerem corretamente o seu router, leva a uma amplificação dos ataques DDoS.

No meu ponto de vista, é para mim óbvio que não devemos limitar o aumento [da largura de banda] mas sim obrigar os fornecedores a lançarem atualizações para os routers e a enviarem informação regular com informação para os clientes melhorarem a segurança do equipamento contratado. Alguma vez receberam alguma newsletter ou notificação por parte do vosso ISP em relação a segurança?

Trocar a password de acesso de administração de acesso ao router; trocar chave de acesso ao Wi-Fi e desligar serviços que não utilizam poderá prevenir imensas complicações de segurança.

NTP e SSDP continuam a ser as técnicas favoritas para os ataques DDoS e a contratação de Booters [inclusive por portugueses] para o efeito já é um serviço conhecido. A questão é que nos últimos anos, a largura de banda destes ataques aumentaram exponencialmente. De referir que há uma década atrás, o maior ataque DDoS registado tinha pico em 8Gbps. Em 2014, o maior pico registado foi de 400Gbps.

Recentemente, recebemos no WebSegura.net uma notificação do Pedro Fernandes, de dois artigos que demonstram algumas fragilidades no software dos routers da ZON[NOS].

http://djprmf.com/nos-os-vossos-router-necessitam-de-uma-5473
http://djprmf.com/nos-wi-fi-powered-by-fon-dns-spoofing-5805

Também em novembro de 2014, o especialista de segurança Marco Vaz da empresa portuguesa da Integrity, encontrou uma falha nos routers Belkin.
Pessoalmente é de dar valor aos portugueses que demonstram este tipo de fragilidades.
Em Portugal temos qualidade na área de segurança de informação e é preciso apoiar estas iniciativas.

Claro que existem outros fatores de risco, como por exemplo um malware instalado num computador que funciona como zombie à espera de ativação para uma botnet. Tem de existir um fator de informação para o utilizador entender que o seu computador poderá ser uma via para ataques informáticos. Se o utilizador entender este fator, é um passo para o caminho de uma solução e diminuição de ataques DDoS e outro tipos ataques informáticos.

Da nossa parte, iremos sempre que possível alertar problemas relacionados com este assunto, mantendo o nosso papel de ajudar a comunidade.