Dois terços já foram vítimas de cibercrime

No Diário Digital:

Dois em cada três utilizadores da internet já foram vítimas de cibercrime, mas como a maioria não acredita que os criminosos alguma vez sejam levados à Justiça estes delitos são poucas vezes comunicados à polícia.Estas são algumas das conclusões de um estudo realizado no início do ano envolvendo mais de sete mil pessoas de vários países (incluindo Portugal) e que foi divulgado hoje em Lisboa.

O «Relatório Norton de Cibercrime: o impacto humano» revela que 65 por cento dos utilizadores da internet já foram vítimas de cibercrimes, que vão desde fraudes on-line de cartões de crédito, vírus informáticos a roubo de identidade.

Achaste interessante? Partilha!
    Analista de segurança web com vários anos de experiência. Fundador do projeto WebSegura.net. Reconhecido publicamente, por divulgação de vulnerabilidades, por empresas como a Google, Adobe, eBay, Microsoft, Yahoo, Panda Security, AVG, Kaspersky, McAfee, Hootsuite e outros. Colabora regularmente com a comunicação social em temas relacionados com a segurança de informação.

    Que tal participar com o seu comentário?