Falha por corrigir do IE ataca visitantes de um website da Aministia Internacional

Segundo o The Register, os visitantes do website da Amnistia Internacional de Hong Kong, estão a ser vítimas de vários ataques, incluindo uma vulnerabilidade ainda por corrigir do Microsoft Internet Explorer.

Achaste interessante? Partilha!
    Analista de segurança web com vários anos de experiência. Fundador do projeto WebSegura.net. Reconhecido publicamente, por divulgação de vulnerabilidades, por empresas como a Google, Adobe, eBay, Microsoft, Yahoo, Panda Security, AVG, Kaspersky, McAfee, Hootsuite e outros. Colabora regularmente com a comunicação social em temas relacionados com a segurança de informação.

    Que tal participar com o seu comentário?