Ferramenta de Fuzzing descobre mais de 100 vulnerabilidades nos browsers mais populares

Com o lançamento público do cross_fuzz foi possível para muitos analistas de segurança verificarem a existência de várias vulnerabilidades nos browsers mais utilizados (Internet Explorer, Firefox, Opera, Chrome e Safari).

De referir que, muitas dessas falhas continuam por corrigir e já poderão estar a ser utilizadas no underground.
Podem ler a notícia no Help Net Security.

Achaste interessante? Partilha!
    Analista de segurança web com vários anos de experiência. Fundador do projeto WebSegura.net. Reconhecido publicamente, por divulgação de vulnerabilidades, por empresas como a Google, Adobe, eBay, Microsoft, Yahoo, Panda Security, AVG, Kaspersky, McAfee, Hootsuite e outros. Colabora regularmente com a comunicação social em temas relacionados com a segurança de informação.

    Que tal participar com o seu comentário?