Nintendo é atacada por ‘hackers’ nos Estados Unidos

Na Exame:

A japonesa Nintendo informou neste domingo que um servidor de sua unidade nos Estados Unidos sofreu ataque de hackers, o primeiro na história da empresa de games. Ao contrário do que aconteceu com a rival Sony — que prejudicou cerca de 100 milhões de usuários –, os dados dos usuários da Nintendo não foram comprometidos. As informações são do jornal The Wall Street Journal. O incidente é mais uma prova de que os sistemas são menos seguros do que se pensava.

O grupo de hackers chamado Lulzsec, que anteriormente disse ser o autor dos ataques à Sony, publicou na internet alguns dados que dizer ser de um servidor da Nintendo.

(…)

Espero que a Nintendo não siga o caminho da Sony (ao ser comprometida por diversas vezes e sem dar feedback aos seus clientes em tempo útil).

Achaste interessante? Partilha!
    Analista de segurança web com vários anos de experiência. Fundador do projeto WebSegura.net. Reconhecido publicamente, por divulgação de vulnerabilidades, por empresas como a Google, Adobe, eBay, Microsoft, Yahoo, Panda Security, AVG, Kaspersky, McAfee, Hootsuite e outros. Colabora regularmente com a comunicação social em temas relacionados com a segurança de informação.

    Que tal participar com o seu comentário?