Investimentos em bolsa servem de isco a phishing

No TeK:

A Comissão do Mercado de Valores Mobiliários avisa que estão a circular emails de phishing que recorrem ao nome da CMVM e de bancos portugueses como “isco” para atrair os investidores para esquemas fraudulentos online.

O alerta é dado num comunicado publicado hoje no site da entidade, esta explica que as mensagens são enviadas “como pertencentes a bancos portugueses” e nelas “é confirmada a realização de operações financeiras”, sendo utilizado o nome da CMVM.

Estas mensagens destinam-se a induzir as vítimas a instalar um software malicioso através do qual o conteúdo dos computadores passa a estar acessível a terceiros, acrescenta a Comissão.

A activação do malware é feita mediante a activação de um link fornecido no corpo do email, pelo que o regulador aconselha os internautas a confirmarem juntos do banco referido na mensagem a autenticidade da mesma.

Achaste interessante? Partilha!
    Analista de segurança web com vários anos de experiência. Fundador do projeto WebSegura.net. Reconhecido publicamente, por divulgação de vulnerabilidades, por empresas como a Google, Adobe, eBay, Microsoft, Yahoo, Panda Security, AVG, Kaspersky, McAfee, Hootsuite e outros. Colabora regularmente com a comunicação social em temas relacionados com a segurança de informação.

    Que tal participar com o seu comentário?